Futebol: Brigantinos preparados para o pontapé de saída do Campeonato de Portugal

Sex, 16/09/2022 - 12:09


Começa no domingo o Campeonato de Portugal, época 2022/2023, e o Grupo Desportivo de Bragança joga em casa com o Brito.

Os brigantinos vêm de uma vitória para a Taça de Portugal, 2-1 com o Monção, e estão moralizados. Mas, Rafael Nascimento considera que esse é um jogo que já ficou para trás. “A nossa memória é sempre de peixe. Já ninguém se lembra do que aconteceu na semana passada. O que conta agora é este jogo e temos que continuar a trabalhar para sermos melhores e para vencer o próximo jogo”.

Para a jornada inaugural do campeonato, o técnico conta com todos os jogadores, incluindo o defesa Óscar e o médio Bruno Silva, que tinham ficado de fora na Taça de Portugal por questões burocráticas.

Rafael Nascimento quer mais qualidade nos processo de jogo em relação à partida com o Monção. “Aquilo que pretendo, e espero que aconteça já este domingo, é que tenhamos mais qualidade de jogo e que não seja colocar tanto suor como dizia no final do jogo com o Monção. Queremos ter mais oportunidades de golo, mais organização defensiva para depois atacarmos com mais clareza. Isto tudo vem com o treino, com a clareza e a aprendizagem da nossa ideia de jogo”.

O técnico dos canarinhos quer iniciar o campeonato com uma vitória e para isso terá que ultrapassar o Brito, um adversário que conta com jogadores bastante experientes. “É uma equipa que manteve grande parte dos jogadores da época passada e reforçaram-se com jogadores com muita experiência de Campeonato de Portugal, como o Marna, o Bebé, o Lenno e o Tiger. É uma equipa muito competitiva. Esperamos um jogo difícil, mas vamos estar preparados para somar três pontos em casa”.

Grupo Desportivo de Bragança – Brito está marcado para domingo com início às 15h00. O jogo é relativo à primeira jornada da série A do Campeonato de Portugal.

Amanhã, no regresso do programa de Antevisão da Jornada, aqui na Brigantia, vamos estar à conversa com João Rocha, médio do GDB na antevisão ao pontapé de saída do CdP.

 

Jornalista: 
Susana Madureira