PUB.

Alheira de Mirandela já viu a sua confraria nascer

PUB.

Seg, 11/03/2019 - 09:02


Já nasceu oficialmente a Confraria da Alheira de Mirandela. O primeiro capítulo aconteceu sábado e veio marcar a vigésima edição da feira mirandelense dedicada a este enchido

A confraria é liderada por Rui Cepeda que acredita que esta será uma forma de haver mais produtores a seguir o caminho da certificação do produto. “Acho que é um meio para nos conseguirmos continuar a afirmar. A alheira de Mirandela IGP está mais que afirmada no mercado mas é uma forma de termos um meio para elevar um produto que já muito tempo merecia esta elevação. É um produto de excelência e é o culminar de um sonho meu mas acompanhado dos quatro produtores da alheira IGP que muito contribuíram. Queremos que em Mirandela haja cada vez mais gente a certificar alheira e que tenha cada vez mais um potencial maior”.

Júlia Rodrigues, a presidente da câmara de Mirandela e um dos quatro elementos fundadores, assegura que é um marco importante na promoção da alheira. “É importante que haja reunião de vontades e daqueles que fabricam, produzem e distribuem e também aqueles que amam a sua terra e por isso estão aqui reunidos. É um marco importante na promoção e divulgação. Cada um de nós vai ter a obrigação de levar a alheira de Mirandela e estamos na terra da alheira e com ela nos identificamos. É com orgulho que estou aqui e vou participar em todas as actividades da confraria”.

A confraria mirandelense foi apadrinhada pela confraria dos Enófilos e Gastrónomos de Trás-os-Montes e Alto Douro. Neste primeiro capítulo foram entronizados 41 confrades, entre eles o mirandelense Sobrinho Teixeira, secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, José Silvano, deputado do PSD, eleito por Bragança, e Carla Alves, directora regional de Agricultura e Pescas do Norte.

Escrito por Brigantia

Jornalista: 
Carina Alves