Figueira de Castelo Rodrigo passa a integrar a Associação de Municípios do Douro Superior

Qui, 15/02/2018 - 09:59


A Associação de Municípios do Douro Superior integra um novo membro: Figueira de Castelo Rodrigo. Esta Associação de Municípios é actualmente constituída pelos concelhos de Miranda do Douro, Mogadouro, Freixo de Espada à Cinta, Torre de Moncorvo, no distrito de Bragança, e ainda Vila Nova de Foz Côa, no distrito da Guarda. 

Passa agora a contar com um sexto elemento com o objectivo de unir os territórios do douro Internacional e do Douro Vinhateiro.

“Com o Douro a unir-nos, mostrar que há vários «douros» e unir o douro internacional com o douro vinhateiro e juntar estes seis municípios por forma a darmos a conhecer a diversidade no meio desta unidade que é o rio que nos une. Por muito que nós tentássemos no meio desta estratégia, que foi desde o início esta união do Douro Vinhateiro com o Douro Internacional. A verdade é que carecia sempre de um elemento fulcral que era Figueira de Castelo Rodrigo. Estes seis municípios têm esta estratégia que não é só turística, é também regional e transfronteiriça” como salientou Nuno Gonçalves, presidente da associação de municípios do Douro Superior:

Um dos projectos já apontados é a recuperação do canal da antiga linha ferroviária do Sabor para aproveitamento turístico, que pode com a entrada de Figueira de Castelo Rodrigo ganhar uma dimensão internacional, já que abre a hipótese de integração da estação de Barca D’Alva no projecto junto à fronteira com Espanha.

“Esta estratégia visa desde logo a recuperação da linha do Sabor ligando-a desde Miranda do Douro até Torre de Moncorvo, numa recuperação e despois estende-la até Pocinho e depois se possível integra-la em rotas turísticas que possam ir até Barca d’Alva. Teremos um conceito daquilo que queremos nas diversas rotas numa única rota, a rota do Douro Superior, para dar a conhecer aos turistas o que é o Douro.”, conta  Nuno Gonçalves

Desenvolver uma estratégia de promoção turística do Douro Superior é o grande propósito do alargamento desta associação de municípios, assim como aproveitar os fundos comunitários para este território.
Escrito por: Brigantia