PUB.

Notícias

PUB.
A delegação de Bragança da Associação Famílias vai ter em breve um Centro de Apoio à Vida. O serviço vai prestar apoio a famílias com bebés e mães grávidas e em situação de carência económica ou emocional.  
A partir de hoje e até ao próximo Domingo, Vinhais vai ser palco de um encontro de escuteiros celebrando a abertura regional do ano escutista 2008/2009. Sexta e sábado as actividades vão ser divididas apenas entre os escuteiros de Vinhais e um agrupamento do Porto.  
Mais de cinco anos depois, o tribunal de Mirandela decide, ao final da manhã de hoje, se vai levar a julgamento uma médica obstetra e uma enfermeira, envolvidas no caso de uma criança que nasceu com paralisia cerebral e uma incapacidade de 95 por cento, já conhecido como o caso Gonçalo.  
É oficial. O próximo candidato do PSD à Câmara de Carrazeda de Ansiães será José Luís Correia. O actual presidente da junta de freguesia de Vilarinho da Castanheira vai encabeçar a lista dos sociais-democratas nas eleições autárquicas de 2009.  
Vimioso vai ter a primeira loja do cidadão de segunda geração do distrito de Bragança. O protocolo que assegura a nova valência foi assinado ontem naquela vila transmontana e contou com a presença de dois membros do Governo.  
O presidente da câmara de Bragança diz que o PIDDAC de 2009 é mau para o distrito. Jorge Nunes considera que a região está a ser colocada em segundo plano no que diz respeito aos investimentos.  
Até o fim do ano vai ser iniciado um processo de reflexão para encontrar um modelo de gestão para a Zona de Caça da Lombada, em Bragança. A garantia foi dada ontem pelo presidente da Autoridade Florestal Nacional durante a abertura da sétima edição da Norcaça/Norpesca.  
Foi criada a parceria INOVARURAL. A iniciativa insere-se nas acções preparatórias do Programa de Valorização Económica de Recursos Endógenos – o PROVERE – e a fonte de financiamento será o sistema de incentivos do QREN.  
A sub-região de saúde de Bragança vai implementar um Programa de Vigilância Nutricional Infantil. O objectivo é combater os sinais de obesidade, tendo em conta que, no distrito de Bragança, 30% das crianças com 6 e 7 têm excesso de peso.