Quatro municípios do distrito poderão ser incluídos na lista dos concelhos com risco elevado de contágio

Qua, 11/11/2020 - 17:36


Mirandela, Miranda do Douro, Torre de Moncorvo e Freixo de Espada à Cinta devem entrar na lista dos concelhos em risco para a Covid-19.

Como ponto de partida, diga-se que o Governo adotou uma medida de nível de incidência cumulativa a 14 dias, que corresponde ao número de novos casos nos últimos 14 dias por 100.000 habitantes. A métrica é
semelhante aquela que é adotada na Europa. Sendo assim, tudo indica que, para além dos cinco concelhos do distrito que já integram essa lista vermelha: Bragança, Macedo de Cavaleiros, Mogadouro, Alfândega da Fé e Vila Flor passem também a estar inseridos, pelo menos, mais quatro concelhos: Mirandela, Miranda do Douro, Torre de Moncorvo e Freixo de Espada à Cinta, se bem que Carrazeda de Ansiães também possa estar muito próximo de atingir o limite máximo.

Para se perceber melhor os critérios, divulgamos o número máximo de casos cumulativos, ou seja, de novos casos de infeção nos últimos 14 dias que pode ter cada um dos 12 concelhos do distrito para não ser considerado de risco, tendo em conta o tal critério de 240 casos por cada 100 mil habitantes.

Bragança só podia ter, no máximo, nos últimos 14 dias, 81 novos casos de infeção quando já ultrapassou os 100. Macedo de Cavaleiros tem como máximo 35 casos novos, mas já contabiliza mais nos últimos 14 dias. Mogadouro tem um limite de 21 e já soma o dobro. Alfândega da Fé tem como limite 11 casos novos e já ultrapassou. Também Vila Flor tem um limite máximo de 15 novos casos nos últimos 14 dias, mas já registou mais de duas dezenas. Mirandela aparece na listagem com um máximo de 53 casos, mas nas últimas duas semanas já ultrapassou esse número. Miranda do Douro só podia ter como teto máximo 17 casos, já soma mais de duas dezenas. Torre de Moncorvo só podia ter menos de 19, mas já ultrapassou, tal como Freixo de Espada à Cinta que tem um limite estabelecido de 8 novos casos, um número claramente ultrapassado nos últimos dias. Carrazeda de Ansiães tem como limite máximo 14 casos novos e deve estar muito próximo desse número. Já Vinhais e Vimioso devem ficar afastados desta lista vermelha, dado que registaram poucos casos nos últimos 14 dias. Vinhais tem um limite máximo de 19 casos e Vimioso de 10 novos casos. De qualquer forma, não se sabe ainda se esta reavaliação, que vai ser feita pelo Conselho de Ministros, de amanhã, vai incidir sobre todos os 308 municípios do País, ou apenas nos 121 que atualmente estão considerados de risco, nem se conhece qual o período de 14 dias sobre os quais vai incidir a contagem dos novos casos.
Só amanhã, é que serão desfeitas todas as dúvidas.

Escrito por Terra Quente (CIR)