Mais um prémio para o documentário «Alfaião»

Qui, 30/08/2018 - 12:05


O filme homónimo sobre a aldeia de Alfaião foi premiado no Festival Internacional de Documentário. 

O documentário Alfaião ganhou mais um prémio, desta vez de Melhor Curta-Metragem Europeia, no Festival Internacional de Documentário de Ierapétra, na Grécia. O filme é da autoria de André Almeida Rodrigues. O documentário retrata a vida rural e o quotidiano da população residente na aldeia de Alfaião, no concelho de Bragança. Este é o quinto prémio que o jovem realizador de 30 anos recebe pelo filme “Alfaião”, facto que o deixa muito satisfeito.

“É sempre importante o filme em si ser seleccionado e quando se trata de um prémio é mais importante, facto que me deixa muito satisfeito, quer a mim, quer à aldeia. O filme está a percorrer o mundo e além de percorrer o mundo, que já é muito bom e ter estas distinções é sempre prestigiante. Quis levar Alfaião ao mundo e é de facto o que está acontecer”, disse o realizador André Almeida Rodrigues. 

A curta-metragem foi produzida no âmbito do mestrado em som e imagem, da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa. O autor destaca que é um filme poético.

“É um filme poético em que retrato o compelativo diário da rotina da aldeia que enaltece os aspectos simples e banais, como o pastor com o rebanho das ovelhas, uma senhora a fazer as alheiras”, contou o realizador. 

Alfaião foi produzido em 2016, tem a duração de 13 minutos. O filme também nomeado em Riga, na Letónia, como destino cultural como explica André Almeida Rodrigues.

“Destacar que o filme também foi exibido no Tour Film Riga, que é um festival de cinema turístico, ou seja, a aldeia de Alfaião esteve nomeada através do filme na categoria de destino turístico, turismo cultural e eco turismo. O filme acaba por se enquadrar em várias categorias de cinema, como o cinema experimental e turístico e acaba por promover Alfaião como destino turístico”, acrescenta o realizador.

O documentário já ganhou uma menção honrosa no Festival do Pão, em Albergaria-a-Velha, o Prémio do Público, no Shortcutz Funchal, a Melhor Curta-Metragem de Fevereiro, Shortcutz Caldas da Rainha, Melhor Curta-metragem de Maio, Shortcutz Covilhã e uma nomeação Melhor Curta Portuguesa, no Cinema Blogger Awards. André Almeida Rodrigues é natural de Leça do Balio, e o próximo projecto é um filme «Histórias de Embalar Sabonetes» sobre a empresa Castelbel que exporta 5 milhões de sabonetes. Alfaião, não fica por aqui e vai ser exibido hoje no Festival Internacional de Cinema da Patagónia, 1 de Setembro no Short cut, na Sérvia, 5 de Setembro no The Unseen Festival, em Denver, Colorado, Estados Unidos da América e 8 de Setembro no OCFF – Ocean Coast Film Festival, em Lavra, Portugal. Escrito por Brigantia 

Jornalista: 
Maria João Canadas