Compra de camião-cisterna e alteamento de açude do rio Angueira em Vimioso financiado 50% pela APA

Sex, 16/09/2022 - 09:48


A Agência Portuguesa do Ambiente e o município de Vimioso assinaram ontem um protocolo para apoio à aquisição de um camião-cisterna

As duas entidades também já tinham feito um acordo para lançar a obra de alteamento de um açude do rio Angueira.

O apoio da APA é de cerca de 50% em ambos os projectos e o vice-presidente da Agência, Pimenta Machado, disse que estas medidas são de contingência, mas fulcrais em períodos de seca como o que se vive este ano.

“Visa dar maior resiliência ao sistema de abastecimento de água. Vamos aumentar a altura do açude do rio Angueira para termos maior reserva de água e adaptar aquela captação de água para dar maior segurança no abastecimento público e ao mesmo tempo financiar o sistema de transporte de água”, explicou.

O novo veículo promete ser muito útil para distribuir água por várias aldeias e mesmo recorrer a concelhos vizinhos como já aconteceu este ano.

“No total das 22 localidades, temos 12 sistemas dispersos, ou seja, temos furos em aldeias. Em anos de seca ou em momentos de maior consumo, nós temos que reforçar o abastecimento de água e, portanto, esse camião é absolutamente indispensável para fazer o reforço de água a essas localidades”, destacou o autarca Jorge Fidalgo.

O município pretende também apostar no controle das perdas de água, até porque de acordo com o autarca os valores atribuídos ao concelho não são reais, já que muitos equipamentos municipais não têm contadores.

Este deverá ser um investimento avultado e, portanto, Jorge Fidalgo espera conseguir também apoio da APA. Mas considera que a melhor forma de acabar com o problema de falta de água no concelho seria através de condutas de abastecimento a partir de fontes de água como o rio Douro.

“Os locais mais próximos que nos garantem uma maior sustentabilidade é o rio Douro, o Azibo e até Veiguinhas, portanto é necessário fazer condutas desses locais para o município de Vimioso e a partir de aí temos uma maior garantia de que a água não faltará em anos de seca. Se nós tivéssemos fundos comunitários, com aquilo que já investimentos do município, nós já tínhamos feito esses investimentos e esses sim eram estruturantes e de futuro”, apontou.

Para já certo é o apoio da APA de 125 mil euros para a compra do camião cisterna para o município de Vimioso que terá o custo total de 250 mil euros, e cujo concurso de aquisição já está a decorrer, e de 200 mil euros para as obras no açude do rio Angueira que vão custar cerca de 450 mil, e que já foram adjudicadas.

Escrito por Brigantia

Jornalista: 
Olga Telo Cordeiro