PUB.

Alegado caso de sodomização de aluno em Vimioso teve origem em "brincadeira" simulando "exames médicos à próstata"

PUB.

Qua, 21/02/2024 - 15:14


Caso remonta a 19 de Janeiro

O caso de sodomização de um aluno, de 11 anos, no Agrupamento de Escolas de Vimioso, terá tido origem numa "brincadeira", simulando "exames médicos à próstata". É esta a conclusão do processo aberto pelo Agrupamento de Escolas e remetida ao Ministério da Educação.

Segundo a Agência Lusa, a tutela sublinha que a “preocupação” da escola se centrou na protecção do aluno, mobilizando para tal o apoio do serviço de Psicologia e Orientação, a vigilância dos assistentes operacionais, os professores e o respectivo diretor de turma.

O caso aconteceu dia 19 de Janeiro. O aluno terá sido sodomizado, com recurso a uma vassoura, por oito outros alunos, entre os 13 e os 16 anos, entre eles o irmão da vítima.

Os supostos agressores foram suspensos mas já regressaram à escola, estando a frequentar, normalmente, as aulas.

Tentámos chegar à fala com a direcção da escola, mas, até ao momento, ainda não foi possível.

Escrito por Brigantia

Jornalista: 
Carina Alves