PUB.

Seniores puderam ser universitários por um dia

PUB.

Sex, 26/04/2019 - 09:26


Através de uma parceria entre a delegação de Bragança da Cruz Vermelha e o centro de dia de Quintela de Lampaças, 15 idosos desta aldeia foram universitários por um dia. 

A actividade, que partiu de duas alunas da licenciatura em Educação Social, no politécnico de Bragança, e a fazer estágio na Cruz vermelha, proporcionou um dia diferente a estes seniores. Uma iniciativa aplaudida por quem saiu da aldeia e veio conviver e saber como é ser estudante.

“Acho bem para as pessoas se reunirem e é bom, para a gente ter num pouco de ânimo para sair de casa e conviver”, contou uma das participantes na iniciativa.

Outra das utentes do centro de dia destaca o facto de “com esta idade aprender coisas novas”. “Hoje vi coisas que nunca esperei ver, gostei muito”, afirmou.

Diana Monteiro, uma das alunas da organização, reforça que é com estas experiências que se promove o envelhecimento activo.

“Pretendemos promover o envelhecimento activo e dar uma nova experiência às pessoas da aldeia, que não têm muitas vezes oportunidade de vir à cidade e não conhecem o mundo universitário”, explicou.

Já Alicia Sousa, outra das alunas, sublinha que a iniciativa serve para praticar o que aprendem nas aulas. “Aqui temos muito o teórico, mas colocando em prática é que vemos a realidade e deparamo-nos com a mesma e praticamos aquilo que estamos a aprender”, afirmou.

Emília Oliveira, educadora social na Cruz Vermelha, conta que se pretende que se criem parcerias com mais entidades deste tipo. “A ideia foi tirá-los um bocadinho da monotonia. Isto é um bocado a nossa vitrine de mostrar que estamos disponíveis para criar outras parcerias e acho que é uma mais-valia trazê-los para o meio desta agitação”, referiu.

A parceria que a delegação brigantina da Cruz Vermelha tem com este centro de dia leva, a cada duas semanas, profissionais desta entidade à aldeia para actividades e experiências com os idosos. Escrito por Brigantia.

Jornalista: 
Carina Alves