Prisão domiciliária para mulher que foi detida por tráfico de droga pela GNR de Bragança

Qua, 03/03/2021 - 08:09


Ficou em prisão domiciliária a mulher que foi detida, esta segunda-feira, pela GNR de Bragança, por estar envolvida numa rede de tráfico de droga, que funcionava a partir de um estabelecimento prisional, no Porto.

A mulher foi presente, ontem, a primeiro interrogatório no Tribunal de Mirandela, que decidiu que ficava em prisão domiciliária, mas a medida só será aplicada depois de verificar as condições da casa da detida. Até lá fica em prisão preventiva. Em Setembro, a GNR já tinha detido um casal, por vender haxixe, nos concelhos de Mirandela e Mealhada, que está em prisão preventiva. Foram depois feitas diligências que permitiram chegar a um homem que operava uma rede de tráfico de droga a partir da prisão, com a ajuda da companheira.

Escrito por Brigantia