PUB.

Assembleia de Freguesias da Sé, Santa Maria e Meixedo não aprova relatório de 2017

PUB.

Ter, 17/04/2018 - 12:02


A Assembleia de Freguesia da União de Freguesias de Sé, Santa Maria e Meixedo, em Bragança, não aprovou as contas relativas ao exercício de 2017. O relatório de contas referente ao ano anterior foi reprovado com cinco votos contra, quatro votos da lista independente e um do Partido Socialista. 10 elementos da Assembleia de Freguesia abstiveram-se nesta votação.

Telmo Afonso, o presidente da União das Freguesias de Sé, Santa Maria e Meixedo afirma que na reunião do executivo só votou favoravelmente porque desempenhou funções no período de gestão. “Foi reprovado o relatório de contas. Já anteriormente tinha existido uma reunião em que foi aprovado relatório de contas relativo ao ano de 2017 em que dos 7 membros do executivo apenas eu votei favoravelmente, os outros 6 membros do executivo abstiveram-se e votei a favor relativo ao período que estive em gestão, de 1 de Novembro a 31 de Dezembro de 2017”, explicou.

Os membros da Assembleia na sua declaração de voto solicitaram que fosse realizada uma auditoria às contas da união de freguesias e já entregaram ao Tribunal de Contas, ao Instituto Nacional de Estatística e à DGAL- Direcção-Geral das Autarquias Locais, a não aprovação das contas.

“Infelizmente vai ser gasto dinheiro, numa empresa nesta auditoria mas vai ser importante que a gestão da freguesia seja transparente e dentro da legalidade que a lei exige”, explicou Telmo Afonso.

A agravar a situação, a empresa de contabilidade que tratava das contas da união de freguesias “abandonou” a gestão contabilística.

O saldo das contas é negativo em cerca de 6600 euros. Escrito por Brigantia.

 

Jornalista: 
Maria João Canadas