PUB.

Sabores e as tradições de Freixo de Espada à Cinta estiveram em destaque no fim-de-semana

PUB.

Seg, 20/11/2023 - 09:01


Esta foi a terceira edição do certame Sabores e Tradições, que contou com artesanato, produtos regionais, gastronomia e muita animação

Quem por ali passou, pôde ver como é extraída a seda e são feitas peças, como carteiras. Ana Isabel Martins estava num tear a fazer um porta-documentos. “Temos aqui o desenho, que é o nosso guia e depois temos que trabalhar. Temos que puxar os liços para cima, passamos o fio e aqui entre estes fios vamos tirando as malhas que queremos. Depois temos que passar a canela e bater que é para prender o fio”, explicou.

Ana Isabel Martins é uma das nove artesãs que trabalha a seda. Fá-lo desde 2019 e admite que é um trabalho difícil.

Ainda assim, as crianças mostram-se interessadas em aprender. “Às vezes há crianças que até gostam de se sentar aqui para experimentar e ver como é que se faz. É óptimo para quando um dia mais tarde já estivermos na reforma haja alguém que continue com esta tradição para a frente”, disse.

A gastronomia foi outra das atracções. Petiscos, sopas, sobremesas não faltaram. A sopa de tomate foi um dos pratos confeccionados e bem característico de Freixo, conta a cozinheira Ana Barros. “Antigamente havia poucos meios de alimentação e a sopa de tomate era uma coisa que alimentava bastante, principalmente pessoas que trabalhavam na agricultura. Então faziam o pãozinho amolecido com água, um bocadinho de hortelã, um bocadinho de banha de porco ou sal, e depois leva o tomate”, referiu.

Pratos com bacalhau também não faltaram, confeccionados por Paula Guerra. “O bacalhau aqui é muito usado de todas as maneiras. Antigamente quando se ia para o campo fritava-se bacalhau com farinha e ovo e é uma coisa muito usada, assim como as nabiças e o tomate”, contou.

Artesanato, enchido, vinho e azeite foram vendidos na feira. Todos os expositores eram do concelho de Freixo de Espada à Cinta. “Quisemos transportar a seda do museu, onde é trabalhada todos os dias, para este certame uma vez que faz jus àquilo que é toda a responsabilidade dos nossos expositores locais, porque é também valorizar os produtos endógenos e o artesanato de Freixo de Espada à Cinta, tal como os produtos gastronómicos”, adiantou o presidente da câmara, Nuno Ferreira.

O certame contou ainda com uma prova de vinhos e jogos tradicionais.

A Feira dos Sabores e Tradições decorreu entre sexta-feira e domingo em Freixo de Espada à Cinta.

Escrito por Brigantia

Jornalista: 
Ângela Pais