Recandidato à câmara de Mirandela, Branco não compreende atrasos do plano de mobilidade

Qua, 09/08/2017 - 09:56


Numa semana em que se falou novamente do plano de mobilidade do Vale do Tua, com a chegada do comboio à cidade de Mirandela, António Branco, o presidente da câmara municipal de Mirandela, é de opinião que este plano será fundamental para o desenvolvimento da região. 

Contudo, não entende as contrariedades que têm aparecido e não deixam o projecto desenvolver rapidamente.

“Para Mirandela é extremamente importante a questão da mobilidade e que tem duas vertentes: a chamada mobilidade quotidiana, a circulação na linha do comboio, alternativa de um transporte diário para servir as populações e a chamada mobilidade turística, que será uma contrapartida para o território. Seria uma forma de trazer turistas e garantir economia. Eu julgo que é necessário dar aqui um impulso e de alguma maneira dar um murro na mesa e fazer isto avançar. Têm existido inúmeras reuniões, encontros, eu acho que perdemos todos os dias em que não está implementado este sistema de mobilidade”, frisou.

Este foi um dos temas abordados numa entrevista Rádio Brigantia/Jornal Nordeste a António Branco. Aos 50 anos, o engenheiro electrotécnico recandidata-se para um segundo mandato na autarquia mirandelense e caso ganhe as eleições considera que os próximos quatro anos serão muito exigentes, tendo em conta aquilo que se conseguiu garantir neste mandato

“O próximo mandato será um extremo desafio, tendo em conta aquilo que se conseguiu garantir neste mandato, principalmente neste quadro comunitário que era um grande desafio. Os ciclos eleitorais, mesmo os municipais, são geridos em função da capacidade de financiamento, tentar rentabilizar as receitas do Estado, mas principalmente captar fundos externos, comunitários e outros, que possam alavancar a economia local, principalmente resolver os problemas locais”, afirmou.

O que pensa o candidato sobre o futuro do complexo agro-industrial do Cachão, a situação do colégio da Torre de D. Chama, o ensino em Mirandela ou as perspectivas para as obras de regeneração urbana, são ainda outros temas abordados na entrevista ao actual autarca de Mirandela, que se recandidata pelo PSD nas autárquicas do próximo Outono, vai para o ar hoje depois das notícias das 5 da tarde. Escrito por Brigantia.