PUB.

Identificados dois homens por suspeita de terem iniciado incêndio em Vila Flor

PUB.

Ter, 28/07/2020 - 15:48


A GNR identificou, domingo, dois homens, de 40 e 41 anos, pelo crime de incêndio em Vila Flor.  
Foram os primeiros resultados da investigação despoletada para apurar as causas do incêndio florestal que aconteceu na tarde de sábado. Os dois suspeitos estariam a desenvolver trabalhos com uma máquina de corte de metal junto à localidade de Carvalho de Egas, "que através da emissão de partículas incandescentes provocaram o incêndio de grandes dimensões", avança a força de segurança em comunicado.
 
Segundo a GNR, o incêndio destruiu mais de uma centena de hectares de floresta e chegou a colocar em perigo a aldeia do Arco, onde tiveram de ser evacuadas algumas residências.
Os suspeitos foram constituídos arguidos e os factos remetidos ao tribunal Judicial de Vila Flor.
No combate ao incêndio, que foi controlado na noite de sábado, chegaram a estar envolvidos quase 200 bombeiros e 5 meios aéreos. Escrito por Brigantia.