Presidente de Vinhais entende que obras na EN103 são uma "necessidade" e uma "questão de justiça"

Qui, 10/01/2019 - 10:46


Uma questão de "justiça". É assim que o presidente do município vinhaense se posiciona em relação à requalificação da Estrada Nacional 103, que liga Vinhais a Bragança.

Luís Fernandes mostrou-se descontente depois das declarações do Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, que, na sua passagem por Bragança, no começo do mês passado, não se comprometeu com a requalificação da infraestrutura. O presidente de Vinhais assegura que esta obra e a nova estrada de ligação entre Vimioso e a Autoestrada Transmontana são necessidades para a região. "Como é normal, não fiquei satisfeito com essas declarações. Penso que aquilo que tem de haver e que deve haver, até por uma questão de justiça, em relação a essas infraestruturas, é a garantia de que vão ser feitas. Compreendo que haja dificuldades mas parece-me que, além de serem necessárias e fundamentais, neste caso, para o concelho de Vinhais, e não só, para a região, é também uma questão de justiça porque são aqueles dois concelhos que ficaram de fora de todas as obras realizadas e de todas as ligações que foram feitas", esclareceu Luís Fernandes.

O autarca defende que a situação causa constrangimentos a vários níveis e admite que tem de haver sensibilidade por parte da tutela. "Não tendo melhores ligações, claro que provoca constrangimentos a vários níveis, nas deslocações das pessoas, e tem consequências a nível económico e a nível social que prejudicam as populações. É um constrangimento que existe para estes dois concelhos mas também para a região. Parece-me que tem que haver por parte da tutela e do governo, e eu quero querer que vai haver, o bom-senso e a justiça de que essa obra seja feita", explicou o autarca vinhaense.

Em Fevereiro de 2016, o ministro, Pedro Marques, em Vinhais, garantiu que num mês o projecto de requalificação da estrada estaria concluído. A 14 de Setembro do ano passado, a "luta" continuava com a Comunidade Intermunicipal Terras de Trás-os-Montes a apresentar ao Governo prioridades para o território, depois dos autarcas de Vinhais e Vimioso terem apresentado na reunião, imediatamente anterior, do conselho intermunicipal, a vontade e necessidade destas ligações serem incluídas no Programa Nacional de Investimentos 2030. Escrito por Brigantia

Jornalista: 
Carina Alves