Padre centenário ainda celebra eucaristia

Ter, 12/09/2017 - 09:27


O padre António Moreno, que comemorou este domingo 100 anos, ainda celebra eucaristia na Fundação Betânia, em Bragança, onde está desde 2012 e lê sem óculos. O aniversário foi assinalado com uma missa na Catedral de Bragança presidida pelo bispo da diocese de Bragança/Miranda, D. José Cordeiro, na qual participaram dezenas de fiéis. 

António Augusto Moreno nasceu em Ventoselo, no concelho de Mogadouro, em 1917, foi ordenado padre em 1944 e passou por paróquias dos concelhos de Vimioso, Miranda do Douro e Mogadouro. Visivelmente emocionado, o padre decano do presbitério da diocese agradeceu a homenagem.

“É demais para mim, fazem uma festa tão grande a meu respeito, não sou digno. Deus é que atende a estas coisas e sabe se são merecidas ou não”, afirmou.

O bispo diocesano, D. José Cordeiro, considera que os padres, como todas as pessoas, precisam de reconhecimento e valorizou o exemplo do padre Moreno.

“Os padres, como todas as pessoas, precisam de reconhecimento” e valorizou o exemplo dos padres que “para lá da idade canónica continuam a dar a sua vida até ao fim do fim, como o padre Moreno”.

O envelhecimento do presbitério diocesano já representou um problema maior. Actualmente, segundo D. José Cordeiro a diocese atravessa “uma fase de equilíbrio. Há cerca de 30 padres com menos de 50 anos, que são metade do presbitério hoje no activo”.

Um sinal de renovação do clero, deixada no dia de aniversário do padre mais velho da diocese de Bragança Miranda. Escrito por Brigantia.