Já abriu a II Feira da Agricultura de Trás-os-Montes

Sex, 19/05/2017 - 09:50


“Há uma tendência para investir na agricultura, e para que o sector contribua para a fixação de população nas zonas de baixa densidade.” Uma consideração da jornalista Teresa Silveira, jornalista do Vida Económica, que vai ser moderadora e oradora no seminário “Agricultura – um Futuro com Sucesso?”, marcado para este domingo, em Macedo de Cavaleiros.

Uma acção que consta nas novidades da II Feira da Agricultura de Trás-Os-Montes, que começa hoje, e que se prolonga por todo o fim-de-semana.
E perante o aumento do associativismo registado no concelho de Macedo de Cavaleiros e um pouco por toda a região, Teresa Silveira só vê vantagens nesta ligação em rede.
Também a apicultura tem lugar neste certame. Antes, sábado, acontece um workshop sobre abelhas rainhas. Parte da actividade acontece no Museu do Mel e da Apicultura, situado aos pés da Serra de Bornes. É lá que encontramos Francisco Rogão, apicultor e presidente da Associação de Apicultores A Seita d’ Abelha, que explica o que por lá se pode encontrar “as pessoas podem ver como se fazem enxames a partir de pacotes de abelhas, temos também várias colmeias de vários países, uma colmeia em vidro onde se pode mostrar a actividade de uma colmeia e com toda a segurança, entre outras acções.”
Um museu ao ar livre, aberto há 5 anos, soma um balanço positivo. É provavelmente o único do género no país, e não passa despercebido, além dos amantes da apicultura, a estudantes e turistas.
A II Feira Agrícola de Trás-os-Montes, já começou, no Parque Municipal de Exposições de Macedo de Cavaleiros.
Ao longo de três dias, estão em destaque as raças autóctones, as produções da região e as novidades na área da mecanização. Escrito por Onda Livre (CIR)/ Foto: CM Macedo de Cavaleiros