FPDD promove prática de desporto inclusivo em Bragança na comunidade escolar

Qua, 13/06/2018 - 11:46


A Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência trouxe a Bragança o segundo momento do projecto “Desporto com Bicas é Inclusão”. A iniciativa promove a prática do desporto inclusivo junto da comunidade escolar.

Um mês depois o Bicas voltou a Bragança. Boccia, Polybat, Voleibol Sentado, Slalom em Cadeira de Rodas e Golbol foram as modalidades que a Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência trouxe a Bragança.

Trata-se uma iniciativa de promoção do desporto inclusivo.

“Pretendemos incluir, ou seja, que pessoas com e sem deficiência possam praticar, experimentar determinadas modalidades de uma forma inclusiva”, explicou Manuela Palma.

O projecto “Desporto com Bicas é Inclusão” divulga as modalidades, capta praticantes e proporciona actividade formativa aos técnicos e professores no âmbito do desporto adaptado.

Para a responsável da federação é uma iniciativa que se reveste de especial importância.

“São iniciativas importantes não só para pessoas com deficiência mas também para as pessoas sem qualquer deficiência. O desporto é, realmente, um veículo de inclusão. O desporto aumenta a autoestima e o bem-estar das pessoas. Estas iniciativas são muito importantes”.  

Alunos e professores por instantes colocaram-se no lado da pessoa portadora de deficiência e experimentaram as várias modalidades adaptadas.

Isabel Cangueiro é professora de Educação Física na Escolas Abade Baçal e Augusto Moreno, em Bragança, e considera importante “os professores estarem devidamente preparados para lidar com alunos com necessidades educativas especiais”.

Entretanto, a Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência lançou o desafio à Academia do Centro Social e Paroquial Santos Mártires para a organização de um torneio de Polybat em 2019.

O Dia do Desporto Inclusivo do projecto “Desporto com Bicas é Inclusão” contou com a participação das escolas e instituições de Bragança, Mirandela, Macedo de Cavaleiros e Valpaços.

 

 

 

Jornalista: 
Susana Madureira