Candidato do PSD a Carrazeda de Ansiães diz que adversários são falsos independentes

Ter, 12/09/2017 - 10:13


O Centro de Apoio Empresarial de Carrazeda de Ansiães encheu este domingo para assistir à apresentação das listas do PSD aos diversos órgãos autárquicos do concelho. No último de vários discursos, o candidato à presidência da Câmara, João Gonçalves, destacou que vão fazer uma campanha eleitoral alegre e pela positiva, para fazer valer as suas ideias sobre as dos adversários e os falsos independentes.

“Quando partidos com expressão nacional, um deles [PS] até está no Governo e abdica de apresentar uma candidatura num concelho do interior, e depois se vêem os dirigentes locais a pedir subscrições para uma lista supostamente independente, e que eles integram, como é que podemos chamar independente a essa lista?”, afirmou referindo-se à coligação Unidos por Carrazeda.

João Gonçalves disse ainda que está a ser alvo de uma espécie de campanha xenófoba, só pelo facto de não ter nascido em Carrazeda de Ansiães.

O candidato do PSD esclareceu que o facto de não dormir em Carrazeda é uma falsa questão, já que passa os dias no concelho e que durante “oito anos”, residiu em Carrazeda, onde desempenha o cargo de veterinário municipal. Salientou que só foi viver para Mirandela porque a esposa não conseguiu arranjar emprego em Carrazeda e que durante quatro anos foi ela que se deslocou. “Não acho que seja importante os eleitores saberem onde vou dormir, pois passo os dias em Carrazeda, de manhã à noite”, frisou.

O esclarecimento de João Gonçalves, criticando os adversários políticos que, segundo diz, estão usar este único argumento para o combater na corrida às Eleições Autárquicas de 1 de Outubro. Escrito por Rádio Ansiães (CIR).